Pô, é a Pipa Papal, povo!

O Papa estava aí e a Pipa amadureceu; talvez o primeiro milagre do Frei Galvão. Pra provar nossa adultice, entrevista com a grande DJ Claudia Assef. Ela que escreveu um importante compêndio recente com a grande história da troca de discos nacional, é grande conhecedora de música, jornalista especializada no assunto e entrevistada pela Pipa. Fora isso, a cobertura exclusiva da chegada do Bento XVI ao largo São Bento por nosso repórter Rogério Kréps. Fora isso, músicas muito legais. Crê, irmão!

  • Dave Stewart – Jesus Christ Superstar (intro e entrevista)
  • Pride – Living Colour
  • Aïda – Miles Davis (interrompida)
  • I ran (so far away) – Flock of Seagulls
  • Our time has come – Average White Band
  • For You For Love – Averege White Band (com reportagem Bento XVI)
  • Love is a Number – White Rose Movement
  • Stars and Stripes Forever Cha Cha – Fernando Juarez y su Orquestra
Ouçam clicando nos ícones

Pipa com Cavanha

Cavanha mostrando as cervejas ContiNosso produtor Teseu, correndo atrás de acordos com outros rádios da internet, conseguiu melhorar a programação. Encontrou o Cavanha, que bem tentou se fazer de marrudo nos seus programas (em http://cavanha.podomatic.com/) com som pesado e violento, mas acabou caindo na graça da Pipa. E aqui veio ele mostrar que os punks também riem.

  • A Taste of Honey – Herp Albert (intro)
  • Holly Flypaper – Nelson Riddle
  • Danças Húngaras n° 5 – Desmond Bradley
  • Head – Prince
  • The Power – Snap
  • Star – Erasure (com fala por cima)
  • Sacanagem – Comunidade Nin-Jitsu
  • Zoraide – Ultraje a Rigor
  • Ô Zé – Ary do Cavaco
  • Tira a Mão – Joãozinho da Picadura Pecadora (com sorteio por cima)
  • A dona do primeiro andar – Originais do Samba (ainda com fala)
  • Rubber Ring – Smiths
  • One Way or Another – Blonde
  • Coração apaixonado – Julio Iglesias
  • Essa covardia – Julio Iglesias (com encerramento)
  • She works hard for the money – Donna Summer

Aqui começamos a divulgar a cerveja que fez da festa da Pipa um sucesso: Germânia! Ela combina perfeitamente com os Doces da Anita, hummmmmmmmm!

Ouçam clicando nos ícones

A festa da Pipa

A festa da Pipa Musical foi muito boa. Melhor do que esperávamos. Infelizmente houve pouca documentação, de modo que só tenho uma foto aqui comigo (aí acabou a bateria da câmera…) e não vou publicar porque não quero que vejam a roupa de astronauta fora de seu contexto. Também não é com palavras que dá pra descrever tal evento. Quem não foi perdeu, infelizmente. Destaques:

  • Som dos DJs Kreps, XTO, Rafa, Fred e Maurinho (no segundo ambiente)
  • Grafite do Onesto e Hana-bi logo na entradinha da vila
  • Bar do João com petiscos deliciosos
  • Chopp Germânia baratênho
  • Gente bonita com maçãs no rosto = sexo, drogas e rock’n roll
  • Banda do Guga (esqueci o nome) que começou a tocar tardão mas fez bonito
  • Pista bombando com belas garotas bêbadas

Agradecemos todas as doações e presenças. Cavanha apareceu pra dizer um oi, Sônia levou um vinil da Madonna, ninguém vomitou, ninguém brigou. Maurinho falou que foi a melhor festa da vida dele. O bolo de aniversário da Laís Barreto estava delicioso. Henrique e Claudine não deixaram nenhum copo vazio. Grande evento.

Se houver alguma vila prestes a ser demolida aí com você, me avisa!

Conheces o Mário?

O tão aguardado programa do convidado Mário Cardoso está aqui. Dono de um acervo muito bom e variado, veio dos confins da cidade para que suas músicas preferidas sejam lançadas ao mundo pela Pipa! Nesse set temos rock, funk, soul e uma impensável união de duas pessoas que não deveriam ter se unido: Pelé e Elis Regina cantando. Ficou terrível:

  • Dark Side of the Moog – Gary Moore (intro – com fala por cima)
  • Be My Dark Angel – Electric Six
  • I Feel Sanctified – Commodores
  • Exercício 16 – Kinky
  • Twilight Time – Bert Kaempfert
  • Unchained Melody – Bert Kaempfert (com fala por cima)
  • She’s Good for Business – Master Kraft
  • As Time Goes By – Gloria Gaynor
  • I Don’t Know What You Do With Myself – Tim Maia
  • Felicidades – Julio Iglesias (com fala por cima)
  • Vexamão – Pelé e Elis Regina
  • Juanita Banana – Fevers
  • Sgt. Peppers Paradise – Beatles X Guns And Roses
  • Girl – Fevers (com encerramento)

Com Doces da Anita o programa desce melhor! Dê pra sua mãe também!

Ouçam clicando nos ícones

Bzzvzvzvzvvv Eletronics zzvzvvvzvz

A Pipa Musical não fica só no lado acústico. Isso vocês já sabiam. Já havíamos tocado pérolas da música eletrônica, mas dessa vez o programa inteiro é dedicado a esse gênero. Ricardo Lanichek, o convidado da vez, trouxe big beat e algo do final da new wave. E o XTO, que sou eu, tentou dar o tom histórico com o início do jungle (Beat Dis) uma dos alemães famosos (The robots) e uma música que ajudou a fazer a house (Le freak) e mais coisa ae. Gire o botão:

  • Come with us – Chemical Brothers (com fala por cima)
  • Love will tear us appart – Joy Division
  • Bizarre Love Triangle – New Order
  • Beat Dis – Bomb the Bass
  • Megablast – Bomb the Bass (com fala por cima)
  • Enjoy the Silence – Depeche Mode
  • The Robots – Kraftwerk
  • Setting Sun – Chemical Brothers
  • Le Freak – Chic
  • Savoir Faire – Chic (com fala por cima)
  • Brathe – Prodigy
  • Born Slippy – Underworld

Na platéia, o Jaca saboreava deliciosos Doces da Anita.

Ouçam clicando nos ícones

Recomenda-se

Ueba, o grande DJ Camilo Rocha lançou mais um set importante! Acompanhe-o que o cara é foda. Os ‘La Jaca Sessions’ humilham qualquer podcast. E este está com o tema parecido com o do próximo programa da pipa: música eletrônica. Mas aqui ele cavou muito mais fundo. A música eletrônica existe, é boa e barata e faz balançar o corpo. Para que recusar? We are the robots!

http://www.rraurl.com/podcast/view.php?id=115

Concurso de beleza

Quem diria que o Kreps teria cacife para reunir tão rapidamente um grupo de beleza formidável como esse? Deliciosas mulheres perfeitas desfilaram nos nossos estúdios trazendo muita graça e ousadia para a Pipa. Assim foi o Primeiro Concurso de Miss Pipa Musical. Lindas, glamurosas, as amapôs arrasaram no picumã do alto do apatá basfond e foi luxo e glória! Esse programa foi feito também com apenas 1 (hum) microfone, causando certo embaraço em alguns instantes. No meio do programa esquecemos que já tínhamos gasto toda a verba dos Doces da Anita no prêmio da miss e falamos que haveria sorteio de trufa… não houve:

  • Guaicá – César Camargo Mariano (com concurso de miss)
  • Planet Rock – Afrika Bambaataa
  • Criser – Dólar Jackson e Eletric Boogies
  • Pense Menos – Tim Maia (com fala por cima)
  • KMFDM – Juke Joint Jesebel
  • Boogiethon – Tina Charles
  • Bloc Party – Banquet
  • Massacre – Made in Brazil (com fala por cima)
  • Não estou nem aí – Made in Brazil
  • Saudades da Björk
  • Sugarcubes – Hit
Ouçam clicando nos ícones

Bleargh!

Vista do estúdioEsse é um dos programas que fizemos (eu e Kreps) com apenas um microfone. O que deixou o Kreps meio inaudível de vez em quando. Mas o nível das músicas continua aquela coisa. Essa foto é pra terem uma idéia da vista dos nossos estúdios, aqui no Anhangabaú. No dia da foto, tinha um arco-íris caindo bem em cima do prédio do Unibanco. Deve ter a ver com o lucro dos bancos ou com a preferência sexual dos bancários. Cerveja Conti e Doces da Anita para todos!

  • Gut Reaction – Jerry Goldsmith (trilha sonora do filme Viagem Insólita – com fala por cima)
  • Time of the Seazons – Zombies
  • Comida – Titãs
  • Rock the Casbah – The Clash
  • Sunny(?) – The Jordans (com fala por cima)
  • Stepping Out – Joe Jackson
  • Corazón – ???
  • City of Angels – Distillers
  • Shazan – Eumir Deodato
  • Sonhos de um Palhaço – Antônio Marcos
Ouçam clicando nos ícones

Em defesa dos oprimidos

As propagandas que faço durante o programa são de uns produtos que talvez vocês nunca tenham provado. Deveriam. As grandes indústrias têm dinheiro para alugar as melhores gôndolas nos supermercados e assim aparecerem mais. Talvez você consuma um produto não por ele ter qualidade melhor ou ser mais barato, mas por ele estar ali ao alcance da mão e ser até que bonzinho. Dê uma chance às pequenas indústrias e a grande dinheirama do mundo se espalhará melhor. De preferência, compre nos mercadinhos de bairro. E prove o achocolatado Palate (delicioso)! Nas redes de supermercado Econ (que é uma porcaria…).